Tratamento menos invasivo em indicações especiais


Os implantes são fixos no osso maxilar, tal como os dentes naturais

Se não estiver disponível osso suficiente, o procedimento de aumento ósseo1 constitui o método atualmente utilizado. Contudo, sob determinadas condições – as quais têm de ser avaliadas pelo seu dentista – este procedimento pode ser ignorado.

Roxolid®2 - um material sem igual, desenvolvido pela Straumann para implantes dentários que proporciona ainda mais resistência do que os implantes de titânio. Neste contexto, mais resistência implica que o implante consegue suportar uma carga maior.

Os implantes Straumann® fabricados a partir de Roxolid® podem ser utilizados nas situações em que são necessários implantes de menores dimensões, devido à insuficiência de osso.

1 Evitar ou não um procedimento de aumento ósseo é uma decisão que o dentista tem de tomar mediante avaliação médica individual de cada paciente. 

Procedimento mais curto, período de tratamento reduzido

Com a possibilidade de utilizar implantes mais pequenos e evitar um procedimento de aumento ósseo, o período de tratamento pode ser reduzido, dado a cirurgia requerer menos etapas.

Protegendo o osso vital

Ao utilizar-se implantes mais pequenos, mantém-se mais osso vital, mais circulação sanguínea e mais tecidos moles em torno do implante. Estas condições são essenciais para o sucesso da integração do implante e para a longevidade do mesmo. 

2 Lista da literatura científica: www.straumann.com/roxolidref